O que fazer durante uma crise de ansiedade

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil é o país com a maior taxa de pessoas com transtornos de ansiedade no mundo inteiro e o quinto em casos de depressão. Conforme o levantamento da OMS, 9,3% dos brasileiros têm algum transtorno de ansiedade e a depressão afeta 5,8% da população.
Por isso, separamos algumas informações e dicas de profissionais de saúde para te ajudar a entender melhor a crise de ansiedade e saber o que fazer que esteja passando por uma. Lembrando que em todos os casos, é sempre importante conversar com um psicólogo especializado para te ajudar melhor a entender sua situação e lhe propor o melhor tratamento.

Sintomas comuns durante uma crise de ansiedade:

É importante conhecer alguns dos sintomas comuns para identificar que está passando por uma crise de ansiedade.

Alguns dos sintomas mais comuns são:
– Aceleração dos batimentos cardíacos;
– Preocupação excessiva com pequenas coisas;
– Mãos suando;
– Tremores;
– Sensação de desmaio;
– Braços e pernas agitados;
– Sensação de sufocação ou de afogamento entre outros;

O que fazer durante a crise de ansiedade:

É comum que um dos primeiros sintomas seja falta de ar, ou dificuldade na respiração.

Busque respirar fundo, inspirando fundo pelo nariz, e soltando o ar pela boca. Observar o movimento do peito se movimentando durante a respiração e se concentrar nisso também poderá ajudar, pois o objetivo é tirar o foco dos sintomas. A combinação de respiração com a atenção ajuda a tirar o foco dos sintomas e acalmar a crise.
Se for possível, saia do ambiente em que se encontra, por um instante, principalmente caso tenha muita agitação e barulho. Se não for possível, tente se concentrar em outro local em pensamento, no qual se sinta relaxado ou que goste de estar.
Sempre que possível, procure ajuda de um amigo ou colega que esteja próximo para te ajudar nesse momento, e após passar a crise procure sempre um especialista.

Diferenciando crises de ansiedade de infarto:

É importante entender claramente as diferenças entre crise de ansiedade e infarto, para não confundir e evitar também agravar a crise gerando mais ansiedade devido a não ter certeza do que se tratam os sintomas. No vídeo abaixo do site Tua Saúde, são detalhadas as informações e diferenças:

A Terapia Online pode ser de grande ajuda:

Caso você tenha sofrido crises, é muito importante buscar o quanto antes iniciar o tratamento com psicólogos especializados.

O ponto positivo de iniciar a Terapia com um psicólogo Online, é principalmente o fato de acessibilidade. Você conseguirá marcar consultas de forma rápida, e de qualquer lugar onde estiver sendo necessário apenas conexão com a internet e um celular ou computador. Recomenda-se usar fones de ouvido e procurar uma sala particular em que possa ficar sozinho para ter mais liberdade e se abrir com seu psicólogo.
A Você Bem Online, te ajuda a encontrar psicólogos especializados, com os quais você se identifique para dar inicio a sua terapia de forma rápida e simples de qualquer lugar do Brasil.


Caso queira saber mais e encontrar um psicólogo especializado, acesse: https://vocebemonline.com.br/

Como funciona a terapia online?

A terapia online tem se tornado a realidade de muitas pessoas, além de ser feita de onde estiver, possibilita algumas flexibilidades: horários diferenciados, e sem necessidade de se deslocar ao consultório do psicólogo.
Com a chegada da pandemia e isolamento social é essencial redobrar os cuidados com a saúde mental.


Facilidade no agendamento
A facilidade para agendar consultas com um profissional também é um grande diferencial proporcionado por essa modalidade, com alguns cliques é possível acessar as especialidades de cada psicólogo e escolher o que melhor se encaixa em suas necessidades.

Mais alternativas para realizar as sessões
Após escolher um psicólogo e agendar a terapia online, a sessão acontece por vídeo chamada. Algumas das plataformas usadas são Skype e Hangouts, que possuem a segurança necessária para manter seu sigilo. Uma das opções é realizar a consulta utilizando seu smartphone, não precisando ter um computador em mãos para realizar as sessões.


Sigilo
O sigilo no atendimento online é o mesmo sigilo da terapia presencial: o profissional deve proteger a pessoa atendida, mantendo sob proteção às informações obtidas nas sessões. Apesar de toda a facilidade que as consultas online trazem, é preciso se atentar com o aparelho (computador, celular) usado nas sessões, garantindo que tenham antivírus instalado para garantir ainda mais a privacidade nas sessões online. E procure não utilizar computadores públicos.


Privacidade
Ao realizar a terapia online no conforto de sua casa, uma dica importante é se atentar ao ambiente em que fará a sessão, garantindo que se sinta à vontade com o psicólogo para conversar sobre assuntos pessoais. Escolher um local ou cômodo mais reservado fará com que se sinta mais seguro para se abrir.


A Você Bem Online têm como objetivo tornar mais simples o processo de agendamento de consultas, levando a melhor experiência para o paciente e psicólogo.

5 dicas simples para praticar o autocuidado durante o isolamento social

Você não estava preparado para enfrentar as situações que a epidemia do Covid-19 está causando. Um dos fatores mais difíceis de lidar é o isolamento social, por isso separamos algumas dicas de autocuidado para te ajudar nesse momento:

Não se isole completamente
Não se afaste dos seus amigos e familiares, principalmente dos que você é mais próximo. Mesmo com a distância física, ter uma boa conversa e dividir os acontecimentos do dia a dia ajuda muito. Nesse momento é muito importante se atentar a isso, pois esse isolamento pode desencadear sentimentos de tristeza e solidão.


Autocobrança
Você não tem que ser produtivo 100% do tempo, aprender coisas novas toda semana ou otimizar o tempo extra que sobrou estando em casa. Tudo bem descansar, não fazer nada, assistir um filme bobo. Estamos em um momento bastante tenso, e você não precisa se sentir mal por estar demandando ainda mais de você mesmo.


Relaxamento
Faça exercícios em casa! Como yoga para relaxar e se desligar um pouco dos pensamentos, ou alguma atividade com música e bastante movimento para gastar energia e também ter um momento em contato com você mesmo.


Rotina
Siga uma rotina, se você está trabalhando home office, essa dica é um pouco mais fácil de seguir. Ter um horário para dormir, para fazer as refeições, tomar um sol na janela, ajuda a dar motivação e uma sensação de sucesso ao concluir cada tarefa.


Se proteja!
Seguir as recomendações da OMS, se protegendo do vírus e protegendo quem está ao seu redor. Lave as mãos, use máscara e se puder fique em casa! Saia apenas em situações de urgência, como mercado e farmácia, isso te ajudará também a não se sentir ansioso em relação ao risco de contaminação.


Você não está enfrentando essa situação sozinho, pratique o autocuidado, seja gentil com você mesmo e conte com sua rede de apoio, seja amigos ou família. E você pode contar com a ajuda de psicólogos, que irão te ajudar com o autocuidado e a passar pelas situações que está enfrentando em decorrência do isolamento.